Casamento Pela Roma Antiga

03 Mar 2019 15:14
Tags

Back to list of posts

<h1>Loucas Para Casar</h1>

<p>O casamento na Roma Antiga era uma das principais corpora&ccedil;&otilde;es da na&ccedil;&atilde;o romana e tinha como principal objectivo gerar filhos leg&iacute;timos, que herdariam a propriedade e o estatuto dos pais. Entre as classes mais prestigiadas, servia assim como para selar alian&ccedil;as de natureza pol&iacute;tica ou econ&oacute;mica. Augusto retratado como pont&iacute;fice m&aacute;ximo.</p>

<p>No in&iacute;cio, n&atilde;o era necess&aacute;ria nenhuma esp&eacute;cie de cerim&oacute;nia divertido ou religiosa para que um casamento fosse considerado v&aacute;lido na Roma Antiga: bastava a coabita&ccedil;&atilde;o entre um homem e uma mulher pra que estes fossem considerados casados. 6. Tir. S&atilde;o Paulo estrutura&ccedil;&atilde;o bom do casamento foi praticada ao longo da Rep&uacute;blica, tendo sido alterada com o Imp&eacute;rio.</p>

<p>At&eacute; 445 a.C., s&oacute; tinham correto a casar os patr&iacute;cios. Neste ano, e por interm&eacute;dio da lei Canuleia, o casamento &eacute; alargado a cada um dos cidad&atilde;os, permitindo-se assim como o casamento entre patr&iacute;cios e plebeus. Na &eacute;poca de Augusto, primeiro imperador romano, a legisla&ccedil;&atilde;o ligada ao casamento sofre modifica&ccedil;&otilde;es. Nesta altura, assistia-se em Roma a uma quebra demogr&aacute;fica, que se fez constatar em especial nas classes sociais mais interessantes. Para essa quebra colabora a perda da fertilidade dos casais, provocada pela presen&ccedil;a de chumbo nas canaliza&ccedil;&otilde;es que transportavam a &aacute;gua consumida e pelo facto das mulheres utilizarem maquilhagem onde esse mesmo elemento encontrava-se presente.</p>

<p>Pra al&eacute;m disso, os casais evitavam ter mais do que Como Conquistar Um Homem Com Express&otilde;es (Siga Estas Sugest&otilde;es) , pra impossibilitar o fraccionamento dos bens, que conduzia a uma desvaloriza&ccedil;&atilde;o social, dado que o enquadramento em definida ordem dependia da riqueza pessoal. Pra incentivar a natalidade e o casamento, Augusto fez emprego de duas leis, a lex Iulia de maritandis ordinibus (18 a.C.) e a lex Papia Poppaea (nove a.C.).</p>

doi-acabar-um-relacionamento-mas-doi-muito-mais.jpg

<ul>

<li>Pinguim nascido em aqu&aacute;rio nada na primeira vez</li>

<li>cinco &quot;&Eacute; Big!&quot; 06 de Outubro de 2017 505</li>

<li>Ele &eacute; tipo exist&ecirc;ncia interessante, s&oacute; quer saber de curtir</li>

<li>29 de maio de 2017 &agrave;s 11:Vinte e tr&ecirc;s</li>

<li>&quot;Dia da Mewnipend&ecirc;ncia (PT/BR)&quot;</li>

</ul>

<p>Para que um casamento fosse v&aacute;lido na Roma Antiga (iustae nuptiae) era vital que se respeitassem os seguintes crit&eacute;rios: a experi&ecirc;ncia jur&iacute;dica matrimonial, a idade e o consentimento. A compet&ecirc;ncia jur&iacute;dica matrimonial recebia o nome de conubium e dela s&oacute; gozavam os cidad&atilde;os romanos. Os estrangeiros, os escravos, os actores e os que trabalhavam na prostitui&ccedil;&atilde;o estavam impedidos casar. O conubium poderia ser concedido em casos excepcionais.</p>

<p>Tamb&eacute;m n&atilde;o se verifica conubium entre pais e filhos (mesmo que o filho ou filha tivesse sido adoptado) e entre irm&atilde;os (mesmo que apenas meio-irm&atilde;os). As idades m&iacute;nimas para casar encontravam-se relacionadas com o atingir da puberdade (pubertas). No caso dos homens, esta idade estava fixada aos 14 anos e nas mulheres aos doze anos. Na pr&aacute;tica, era incomum um homem casar antes dos 30 anos.</p>

<p>No tocante &agrave;s mulheres, procurava-se esperar os 14, quinze anos. Era socialmente aceite o casamento de um homem com uma mulher com idade para ser sua filha ou neta; imediatamente o contr&aacute;rio n&atilde;o era t&atilde;o bem visto. Casar quando ainda n&atilde;o se tinha completado o modo de desenvolvimento f&iacute;sico implicou pra diversas adolescentes romanas a morte prematura durante o parto ou por complica&ccedil;&otilde;es a este associadas. As mulheres das classes menos abastadas casavam em geral mais tarde, dado que n&atilde;o lhes era t&atilde;o simples arranjar o dote indispens&aacute;vel. Os pais poderiam prometer os filhos em casamento aos sete anos de idade. Ser&aacute; Que Voc&ecirc; &eacute; Piriguete? requerido para o casamento era o dos nubentes e do pater familias.</p>

<p>A celebra&ccedil;&atilde;o do noivado era feita por interm&eacute;dio de uma cerim&oacute;nia (sponsalia) pela qual se reuniam as duas fam&iacute;lias. O noivo oferecia presentes &agrave; noiva, entre os quais um anel de ferro (mais tarde, de ouro), que seria posto no anelar da m&atilde;o esquerda. — O Andr&eacute; Chegou &agrave; P&eacute; -se que este dedo comunicava com o cora&ccedil;&atilde;o por interven&ccedil;&atilde;o de um nervo.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License